Notícias > Administracao

REALIZADA A CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM SÃO JOSÉ DO OURO

REALIZADA A CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM SÃO JOSÉ DO OURO

Foi realizado na última sexta-feira (04/08), a 7º Conferência Municipal de Assistência Social em São José do Ouro. Em torno de 90 pessoas participaram do evento, que contou com a presença do Prefeito Antonio Bianchin, Vice-prefeito Valentim Gelain, Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social Edson Marchiori, Vice- presidente da Câmara de Vereadores Marta Bagio, Coordenadora da Secretaria Municipal de Assistência Social Rosane Zaparoli, além de representantes das secretarias municipais, escolas municipais e estaduais e entidades.
A 7ª Conferência Municipal de Assistência Social, com o tema “Garantia de direitos no fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social”, foi ministrada pela Assistente Social da Ascar-Emater/RS e Conselheira do Conselho Estadual de Assistência Social do Rio Grande do Sul Isolete Georg Bacca.
O objetivo do evento era discutir os programas, as legislações e as ofertas de serviços para os usuários dentro da política de Assistência Social.
Em entrevista, Isolete Bacca destacou a importância das conferências municipais “O importante nesse momento, é essa discussão em que o usuário da política vem participar e poder encontrar conosco os caminhos para Assistência Social. Estamos vivendo um momento em que a gente considera de extrema necessidade, que a gente se una enquanto trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), enquanto entidades prestadoras de serviços e gestores municipais de Assistência Social. Nesse espaço, conversamos quais são os benefícios de proteção social que a Assistência Social oportuniza para seus usuários".
Essas conferências estão sendo realizadas em todo o Brasil, com prazo até 18 de agosto na etapa municipal, na qual são escolhidos no máximo 10 prioridades para o município na política de Assistência Social. As prioridades que serão destinadas ao município, ficarão no Conselho Municipal de Assistência Social e serão monitoradas para depois executadas ao longo de um período de 2 anos. Este é o processo das propostas e deliberações que são extraídas durante as conferências municipais.

POSTADO EM: 07-08-2017

CONTATO

ATENDIMENTO